Arquivo

Archive for the ‘Mercado’ Category

Triste descoberta na MGLU3

13 de setembro de 2017 8 comentários

Eu uso Metastock para gerenciar meus trades de position e uso o Metatrader 5 para day trade e fazer backtests automatizados. Essa semana resolvi dar uma olhada na MGLU3 pelo MT5 com o stop ATR plotado com as mesmas configurações do Metastock e achei estranho que na época que fui stopado pela segunda vez, em março, os preços não tocaram na linha do indicador:

Conferindo as configurações dos 2 softwares, confirmei que estavam todas iguais, mas o indicador não. Debugando o indicador ATR isolado acabei constatando que o cálculo nos 2 softwares são diferentes! Sendo no Metatrader o correto. O Metastock talvez por ser antigo (versão 10) tenha um cálculo diferente. Aí refiz o indicador stop ATR usando uma fórmula manual para o ATR ao invés do que vem na linguagem do software. Aí os valores bateram nos 2 softwares, a linha laranja é a antiga e a vermelha é a nova:

Fiquei desanimado. Como pode ser visto não era pra ter stopado com o indicador com cálculo correto. Poucas ações dão uma subida desse porte de tempos em tempos e eu não estou posicionado mais nela. Comprei no meio de 2016 a R$37 e vendi em outubro com mais de 100% de lucro depois de uma forte violinada. Depois recomprei a R$100 e deveria estar até hoje pelo meu sistema, onde estaria obtendo um excelente lucro, com mais de 300% considerando o ponto do stop. Todos meus testes de parametrização foram feitos no MT5, portanto stopei indevidamente por falha do software Metastock, que nunca reparei antes. Essa operação daria um bom aumento no rendimento da carteira ao fim do ano.

Mas enfim, estou só desabafando porque o passado não dá pra mudar. Já peguei uma dessas no passado (HGTX3 em 2009) e com certeza pegarei outras. Então bola pra frente que o game continua. Vou olhar os gráficos das minhas posições e reajustar os stops com os novos valores do indicador corrigido.

Quem está meio frustrado porque também ficou de fora desse super movimento da MGLU3 levanta a mão!

Abraços e bons trades!

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Anúncios

IBOVESPA – 26/08/2017

O IBOVESPA rompeu forte a resistência dos 69000 pontos. As próximas resistências são de 73000 de novembro/2011 e depois a resistência do topo histórico de 74000 de maio/2008 pré-crise.

Abaixo os gráficos semanal e mensal do IBOV:

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Categorias:Mercado

IBOVESPA – 19/08/2017

O IBOVESPA bateu numa resistência importante de longo prazo na casa dos 69000 pontos. Vamos acompanhar a reação nas próximas semanas, uma possível correção pode acontecer pois além da resistência, o IBOV vem subindo consideravelmente nas últimas 8 semanas.

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Categorias:Mercado

Atualização Estratégia – sai A/D entra FR

Fala galera!

Estou escrevendo esse post para comunicar uma pequena mudança na minha estratégia, mais especificamente na seleção dos ativos.

Depois de deixar de entrar em alguns trades e ver a ação dar uma boa subida, tive que rever a estratégia, mais especificamente a condição de seleção do indicador Acumulação/Distribuição (A/D).

Basicamente quando uma ação está subindo e o A/D está caindo, indica uma distribuição de dinheiro, ou seja, a maior parte do dinheiro entra nos dias de queda, indicando uma queda de longo prazo iminente da ação, não valendo a pena entrar no momento mesmo com ela subindo, pois indica um movimento falso de curto/médio prazo.

Quando eu montei essa estratégia parecia funcionar bem esse filtro, porém nos últimos meses vi algumas ações como RADL3 ou WEGE3 subir fortemente e o A/D ir no sentido contrário não me fez mas sentido. Então resolvi estudar dezenas de ações historicamente e confirmei que na grande parte das vezes o A/D não estava prevendo uma queda ao cair, ele não estava mostrando nada na verdade, pois ações continuavam subindo independente da distribuição do dinheiro.

Portanto uma das mudanças na minha estratégia foi justamente parar de usar o indicador A/D para seleção dos ativos a comprar.

Outra mudança foi começar a usar a Força Relativa (FR) para a seleção dos ativos ao invés do percentual de variação. Na prática é quase a mesma coisa, o FR usa esses percentuais no cálculo, mas o resultado é normalizado, o que facilita a utilização. Esse indicador eu já venho usando há alguns meses.

Eu explico melhor as alterações no menu Estratégias >> Setup – parte 2.

É isso aí!

Bons trades!

Rodrigo Sibin Lichti

Categorias:Aprendizado, Autor, Mercado

IBOVESPA – 28/07/2014

O IBOVESPA rompeu a resistência dos 57000 pontos, mostrando força do mercado, chegando no patamar mais alto nos últimos 16 meses. Agora a próxima resistência mais forte está na casa dos 63400. O cenário geral para os próximos meses é de tendência de alta.

ibov_20140727

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Categorias:Mercado

IBOVESPA – 24/06/2013

O IBOVESPA rompeu o suporte de 47800 pontos, o que significa o menor valor do índice nos últimos 4 anos. Agora o próximo suporte está em 35721 pontos e depois há o suporte do fim da crise de 2008 em 29435 pontos. O cenário geral agora é baixista.

ibov_20130621

Por outro lado, outras bolsas mundiais estão bem diferentes da nossa. Vejam abaixo a Dow Jones (EUA), FTSE (Inglaterra) e Merval (Argentina) respectivamente, no mesmo período do gráfico acima do IBOV. Alguma coisa está muito errada com o Brasil pra ter uma bolsa tão ruim e nos países que sofreram crises recentes as bolsas estão bem melhores.

dji_20130621 ftse_20130621merval_20130621

Categorias:Mercado

IBOVESPA – 05/06/2013

O IBOVESPA continua a congestão lateral de longo prazo desde o fim de 2009. No médio prazo o índice rompeu o suporte de 55125 porém parou no suporte que vem de julho de 2012 na faixa de 52270 pontos. Começou a subir um pouco no fim de abril porém a faixa de 55125 pontos está bem congestionada e o índice ficou várias semanas ao redor desse suporte anterior. Semana passada houve uma forte queda.Vamos ver o desenrolar do mercado nas próximas semanas. Se o suporte de 52270 for rompido, o próximo suporte será na faixa entre 49440 e 47800 pontos. Num movimento de alta do IBOV, a próxima resistência importante é na faixa de 63470 pontos.

ibov_20130605

Categorias:Mercado