Arquivo

Arquivo do Autor

Atualização semanal – 21/06/2019

21 de junho de 2019 3 comentários

Nenhuma compra feita essa semana.

Ajustes de stop:

MOVI3: de 10,55 para 10,89
JSLG3: de 10,66 para 10,72
BPAC11: de 38,49 para 38,67

Nenhum stop foi atingido.

Possíveis entradas para essa semana:

Ação FR Setup Preço entrada Stop inicial Risco
JSLG3 97 Rompimento Tendência 14,51 13,75 -5,24%
TRIS3 91 Rompimento Tendência 6,51 6,14 -5,68%

Obs: JSLG3 entrarei pelo gráfico diário, já que a máxima dessa semana foi pouco acima da semana anterior, mas no diário fez uma correção razoável compatível com as anteriores.

No radar do mês: BPAN4, ENBR3, ENEV3, GNDI3, PRIO3, QUAL3, SEER3, SQIA3, WIZS3.

Minha carteira atual de Trend Following:

Data Entrada Ação Period. Estratégia Variação
15/05/2018 IRBR3 Position Rompimento Tendência 104,02%
17/10/2018 IRBR3 Position Rompimento Tendência 50,00%
02/01/2019 TRIS3 Position Rompimento Tendência 51,44%
12/02/2019 IRBR3 Position Rompimento Tendência 12,12%
12/02/2019 MOVI3 Position Rompimento Tendência 36,64%
25/02/2019 JSLG3 Position Rompimento Tendência 56,07%
02/04/2019 KEPL3 Position Rompimento Tendência 7,85%
18/04/2019 BIDI4 Position Rompimento Tendência 3,45%
21/05/2019 BPAC11 Position Rompimento Tendência 17,60%
06/06/2019 WIZS3 Position Rompimento Tendência 4,76%

Bons trades!

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Anúncios

Atualização semanal – 16/06/2019

Nenhuma compra feita essa semana.

Ajustes de stop:

TRIS3: de 5,09 para 5,13
JSLG3: de 10,24 para 10,66

Nenhum stop foi atingido.

Possíveis entradas para essa semana:

Ação FR Setup Preço entrada Stop inicial Risco
TRIS3 91 Rompimento Tendência 6,51 6,14 -5,68%

No radar do mês: BPAN4, ENBR3, ENEV3, GNDI3, PRIO3, QUAL3, SEER3, SQIA3, WIZS3.

Minha carteira atual de Trend Following:

Data Entrada Ação Period. Estratégia Variação
15/05/2018 IRBR3 Position Rompimento Tendência 92,78%
17/10/2018 IRBR3 Position Rompimento Tendência 41,74%
02/01/2019 TRIS3 Position Rompimento Tendência 52,16%
12/02/2019 IRBR3 Position Rompimento Tendência 5,94%
12/02/2019 MOVI3 Position Rompimento Tendência 32,63%
25/02/2019 JSLG3 Position Rompimento Tendência 55,85%
02/04/2019 KEPL3 Position Rompimento Tendência 7,46%
18/04/2019 BIDI4 Position Rompimento Tendência 4,85%
21/05/2019 BPAC11 Position Rompimento Tendência 10,22%
06/06/2019 WIZS3 Position Rompimento Tendência 4,86%

Bons trades!

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Há relação entre o lucro da empresa e o valor da ação?

12 de junho de 2019 2 comentários

Esse post não será um artigo, vou compartilhar um estudo que fiz a título de aprendizado e conhecimento.

Quando pensamos em comprar ações para investimento ou longo prazo, talvez o primeiro pensamento seja buscar empresas que estejam tendo lucro e que esse lucro seja crescente. Será que há uma relação direta entre o lucro da empresa e o valor das suas ações? Será que em uma empresa que tem lucros crescentes as ações sobem junto, e em uma empresa que tem lucro decrescente ou prejuizo as ações caem sempre?

Dessa vez vou começar pela conclusão. De 39 empresas avaliadas, focando mais em blue chips, 13 (um terço) tiveram uma boa relação entre o comportamento do lucro e do preço, quando o lucro sobe a ação também sobe, quando cai os 2 caem. 6 ações tiveram comportamento bem diferente do lucro, enquanto um estava subindo o outro caindo. A maioria entra numa categoria intermediária, 20 delas apresentam momento de relação e outros momentos de disparidade.

Portanto a minha conclusão é que no geral não há uma relação direta entre o lucro das empresas e os preços de suas ações na bolsa de valores. Há muitos momentos em que a relação é direta mas muitos outros que não é. Se for feita uma soma de tempo dos momentos em que há relação e dos momentos que não há, apenas observando os gráficos abaixo, talvez os que há relação fique na casa de 60%, e os que não há relação fique na casa de 40%. Estatisticamente isso seria quase uma aleatoriedade de quando o lucro influencia o preço e quando não. Deixar de comprar uma ação porque os lucros não estão crescentes pode resultar em perdas de várias boas oportunidades. Do mesmo modo que comprar uma ação porque está com lucro ascendente pode resultar em fortes perdas financeiras em casos que os preços não correspondem. Obviamente investidores em geral buscam empresas que rentabilizam bem e que podem aumentar o lucro no futuro, por isso há essa sintonia de lucro e preço em muito momentos. Todos querem ser sócios de empresas muito lucrativas, seja de capital aberto ou fechado. Porém na prática para o trader ou investidor que não pretende ficar décadas com uma ação, o acompanhamento do lucro por si só como um fator da estratégia para decisão de compra ou venda pode gerar resultados indesejados. Essa conclusão é baseada somente na análise de preço e lucro, aqui não estou analisando a combinação com qualquer outro indicador fundamentalista ou estratégia mais complexa.

Na sequência colocarei gráficos de várias empresas, o primeiro com o preço da ação (fonte: Tradingview) e o segundo com o lucro da empresa (fonte dos dados: Fundamentus). Dividi em 3 categorias conforme explicado acima.

 

Ações que tiveram uma boa relação com o lucro

 

BBDC4:

No geral o lucro foi ascendente e os preços também. Algumas épocas o lucro diminuiu e os preços também cairam. Uma boa relação entre o comportamento do lucro e do preço.

 

PETR4:

Enquanto o lucro caiu o preço caiu, enquanto o lucro subiu o preço subiu. Uma boa relação entre o comportamento do lucro e do preço.

 

LREN3:

No geral o lucro foi ascendente e os preços também. Uma boa relação entre o comportamento do lucro e do preço.

 

UGPA3:

Por muitos anos o lucro foi ascendente e os preços também. Nos últimos anos o lucro começou a reduzir e os preços também cairam. Uma boa relação entre o comportamento do lucro e do preço.

 

RENT3:

Os períodos de subida e consolidação foram semelhantes no gráfico do preço e do lucro.

 

RADL3:

Os períodos de subida e queda foram semelhantes no gráfico do preço e do lucro.

 

WEGE3:

Os períodos de subida e queda foram semelhantes no gráfico do preço e do lucro.

 

PCAR4:

Os períodos de subida e queda foram semelhantes no gráfico do preço e do lucro.

 

CSNA3:

Os períodos de subida e queda foram semelhantes no gráfico do preço e do lucro.

 

ELET3:

O lucro e o preço tiveram uma relação razoavelmente parecida.

 

ESTC3:

O lucro e o preço tiveram uma relação razoavelmente parecida.

 

LCAM3:

Os períodos de subida e lateralização foram semelhantes no gráfico do preço e do lucro.

 

FHER3:

O lucro e o preço tiveram uma relação razoavelmente parecida.

 

Ações que tiveram uma relação parcial com o lucro

 

ITUB4:

No geral o lucro foi ascendente e os preços também. Algumas épocas o lucro diminuiu e os preços também cairam. De 2015 em diante os lucros ficaram numa mesma faixa porém os preços subiram bastante, mostrando uma não-relação com os lucros.

 

VALE3:

De 2009 a 2015 a relação foi bem próximo, as curvas parecidas. Em 2016 o lucro começou a aumentar e o preço também. De 2017 em diante o lucro estagnou porém os preços continuaram a subir forte.

 

B3SA3:

O lucro ficou estagnado até 2015 e o preço também, subindo muito levemente. Em 2016 o lucro aumentou fortemente e os preços começaram a subir. Ainda em 2016 o lucro caiu fortemente porém os preços continuaram a subir rapidamente.

 

RAIL3:

Lucro ficou estagnado até 2014 e os preços já despencavam. Em 2014 o lucro despencou ficando com muito prejuízo e o preço continuou a cair. De 2016 em diante os prejuízos foram diminuindo e a empresa entrou no lucro novamente, maior do que no passado, porém o preço da ação com apenas 1/3 do topo anterior em 2010.

 

VIVT4:

Ao longo dos anos o lucro subiu e os preços também, porém o lucro ficou estagnado de 2012 a 2018, sendo que os preços subiram durante todo o período. Nos últimos anos o lucro cresceu fortemente, dobrando o valor, porém os preços ficaram estagnados nesse período.

 

CCRO3:

Até 2011 o lucro estava estagnado e os preços subindo fortemente. Em 2012 e 2013 tanto o lucro quanto o preço subiram, assim como a queda de 2014 a 2016. Em 2017 o lucro subiu fortemente porém o preço muito pouco, somente no mesmo patamar de antes. Do meio de 2018 até 2019 o lucro continuava uma queda forte porém os preços subiram quase dobrando o valor do fundo anterior.

 

SBSP3:

Até 2013 o lucro e o preço subiram. Em 2014 e 2015 o lucro caiu fortemente porém os preços não cairam na mesma proporção. Em 2016 e 2017 o preço e o lucro subiram e em 2018 cairam. Em 2019 o lucro voltou a subir mas ainda num patamar anterior sendo que os preços subiram fortemente, rompendo topo histórico.

 

CMIG4:

O preço e lucro tiveram movimentos semelhantes porém com proporções muito diferentes. No meio de 2019 o preço está fazendo topo histórico enquanto o lucro está num patamar de 10 anos atrás.

 

GGBR4:

O preço e lucro tiveram movimentos semelhantes porém com proporções muito diferentes. No meio de 2019 o lucro está batendo seu recorde dos últimos 10 anos porém o preço está bem abaixo do seu topo histórico.

 

MGLU3:

Até 2014 o lucro estava crescendo porém os preços caindo. De 2015 para frente os períodos de subida e queda foram semelhantes no gráfico do preço e do lucro.

 

HYPE3:

O preço e lucro tiveram movimentos semelhantes porém com proporções muito diferentes. O lucro em 2016 cresceu absurdamente porém os preços não tiveram a mesma valorização.

 

EGIE3:

No geral o lucro e preço tiveram uma boa relação, porém em 2013 e 2014 o lucro caiu bastante mas os preços continuaram a subir.

 

BRML3:

De 2009 a 2011 o lucro ficou estagnado e o preço subindo. Em 2016 e 2017 o lucro estava caindo e os preços subindo.

 

LAME4:

Até 2013 o lucro e os preços subiram. De 2014 a 2016 o lucro caiu fortemente porém os preços continuaram a subir. Em 2017 e 2018 o lucro voltou a subir forte e os preços entraram em lateralização.

 

NATU3:

Até meio de 2010 o lucro e preço estavam subindo. Do meio de 2010 até meio de 2011 o lucro continuou subindo e os preços cairam cerca de 30%. Até o meio de 2015 o comportamento de lucro e preço foram semelhantes. O lucro continuou a cair até fim de 2016 sendo que o preço subiu nesse período. Em 2019 os preços atingiram topos históricos mas o lucro continuou estagnado com valores de 2015.

 

GOLL4:

Até 2016 o comportamento de lucro e preço foram bem semelhantes. Já a partir de 2017 o lucro começou a cair e o preço da ação quintuplicou o valor.

 

BRKM5:

Até 2016 o comportamento do preço e lucro foram semelhantes em certo grau. Em 2017 e 2018 o lucro aumentou um pouco, voltou praticamente para o patamar de 2015 porém os preços subiram fortemente.

 

CIEL3:

O comportamento do preço e lucro foi razoavelmente parecido, porém o lucro ficou crescendo até 2018 e o preço parou de subir em 2015, onde entrou em congestão ampla até 2018, onde então preço e lucro começaram a cair.

 

TRIS3:

O preço e lucro tiveram movimentos semelhantes porém com proporções muito diferentes. O lucro a partir de 2017 começou a subir e em 2019 atingiu o mesmo patamar de 2010, porém o preço subiu muito mais fortemente, chegando a quase o dobro do valor de 2010.

 

UNIP6:

No geral o preço e lucro fizeram movimentações parecidas. Em 2013, porém, houve um forte crescimento do lucro que não refletiu no preço. Esse lucro que voltou a patamares anteriores depois. Em 2017 houve momento de leve queda no lucro que nos preços não mudou o comportamento de forte alta. No final de 2018 e 2019 o lucro volta a cair e os preços ficam em lateralização.

 

Ações que não tiveram uma relação com o lucro, ou muito pequena

 

EQTL3:

Lucros caíram de 2009 a 2014 enquanto os preços quadruplicaram de valor. Em 2015 os lucros cresceram fortemente. Em 2016 e 2017 o lucro caiu porém os preços continuaram a subir.

 

EMBR3:

Até 2013 o lucro caia e os preços subiam. Em 2015 o lucro caia e os preços ainda subiam. Em 2018 e 2019 o lucro caiu absurdamente, indo para zona de prejuízo, e os preços cairam levemente.

 

CSAN3:

Tirando o forte aumento e depois queda do lucro em 2011 e 2012, o lucro ficou estagnado durante todo período, o valor atual está na mesma faixa que estava em 2010. Já os preços tiveram uma forte queda entre 2013 e 2015 mas no período geral fez um forte aumento de valor, saindo de R$8 para R$ 48 em 2019.

 

BTOW3:

O lucro da empresa basicamente só caiu, de 2009 a 2019, tendo alguns poucos momentos de tentativa de recuperação. Já a ação teve um bom momento em 2009, novamente em 2013 até meio de 2014 e por fim de 2017 até 2018, e o preço atual de 2019 bem acima de 10 anos atrás, muito diferente da curva do lucro.

 

WIZS3:

O lucro basicamente só cresceu desde 2015 porém o preço caiu absurdamente entre 2017 e 2018.

 

GFSA3:

Lucro ficou praticamente estagnado de 2010 a 2019, tendo um bom aumento em 2016 que foi retornado em 2018. Durante todo esse período o preço da ação só caiu.

 

Abraços e bons trades!

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Categorias:Aprendizado, Artigos

Atualização semanal – 08/06/2019

Novas entradas (compras) ocorridas essa semana: WIZS3 a R$10,41.

Ajustes de stop:

TRIS3: de 4,98 para 5,09
MOVI3: de 9,74 para 10,55
JSLG3: de 9,80 para 10,24

Nenhum stop foi atingido porém vendi LOGN3 e JHSF3 para trocar pela WIZS3.

Possíveis entradas para essa semana:

Ação FR Setup Preço entrada Stop inicial Risco
ENEV3 90 Rompimento Tendência 24,11 23,08 -4,27%

Obs: realizarei essa entrada olhando o gráfico diário. Fez uma correção razoável compatível com o histórico do papel, caracterizando uma boa entrada na minha opinião. Essas entradas fojem do meu setup padrão onde é necessário uma correção no gráfico semanal, porém estou difersificando em algumas ocasiões e futuramente verei se está valendo a pena ou não essas variações.

No radar do mês: BPAN4, ENBR3, ENEV3, GNDI3, PRIO3, QUAL3, SEER3, SQIA3, WIZS3.

Minha carteira atual de Trend Following:

Data Entrada Ação Period. Estratégia Variação
15/05/2018 IRBR3 Position Rompimento Tendência 102,09%
17/10/2018 IRBR3 Position Rompimento Tendência 48,58%
02/01/2019 TRIS3 Position Rompimento Tendência 51,44%
12/02/2019 IRBR3 Position Rompimento Tendência 11,06%
12/02/2019 MOVI3 Position Rompimento Tendência 32,92%
25/02/2019 JSLG3 Position Rompimento Tendência 50,38%
02/04/2019 KEPL3 Position Rompimento Tendência 2,63%
18/04/2019 BIDI4 Position Rompimento Tendência 9,13%
21/05/2019 BPAC11 Position Rompimento Tendência 14,22%
06/06/2019 WIZS3 Position Rompimento Tendência 4,19%

Bons trades!

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Posição fechada em LOGN3 – 07/06/2019

Posição encerrada em LOGN3. Vendi antes do tempo porque ela estava perdendo força e estava surgindo oportunidades mais interessantes. O FR estava 75, os preços estavam numa congestão desde o início do ano, então optei por trocar por WIZS3 com FR 91.

Segue abaixo o gráfico com as entradas e saídas:

Segue resumo das operações:

Posição 1:

Setup: Rompimento Tendência
Data de entrada: 16/10/2018
Preço de entrada: R$ 4,75
Risco inicial
: 21,59%
Data de saída
: 07/06/2019
Preço de saída: R$ 8,73
Resultado: +84,78% (com proventos)
Risco/Retorno: 3,93

Posição 2:

Setup: Rompimento Tendência
Data de entrada: 12/02/2019
Preço de entrada: R$ 8,88
Risco inicial
: 19,71%
Data de saída
: 07/06/2019
Preço de saída: R$ 8,73
Resultado: -1,69%
Risco/Retorno: -0,09

Bons trades!

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Categorias:Operações

Posição fechada em JHSF3 – 07/06/2019

Posição encerrada em JHSF3. Vendi antes do tempo porque ela estava perdendo força e estava surgindo oportunidades mais interessantes. O FR estava 75, os preços estavam numa congestão ampla, que não gosto, e optei por trocar por WIZS3 com FR 91.

Segue abaixo o gráfico com as entradas e saídas:

Segue resumo da operação:

Setup: Rompimento Tendência
Data de entrada: 05/02/2019
Preço de entrada: R$ 2,12
Risco inicial
: 14,22%
Data de saída 1
: 22/05/2019
Preço de saída: R$ 2,37
Data de saída 2: 07/06/2019
Preço de saída
: R$ 2,49
Resultado
: +19,10% (com proventos)
Risco/Retorno: 1,34

Bons trades!

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Categorias:Operações

Atualização semanal – 02/06/2019

Nenhuma compra feita essa semana.

Ajustes de stop:

TRIS3: de 4,39 para 4,98
JSLG3: de 9,07 para 9,80

Possíveis entradas para essa semana:

Ação FR Setup Preço entrada Stop inicial Risco
WIZS3 91 Rompimento Tendência 10,41 9,64 -7,40%

No radar do mês: BPAN4, ENBR3, ENEV3, GNDI3, PRIO3, QUAL3, SEER3, SQIA3, WIZS3.

Minha carteira atual de Trend Following:

Data Entrada Ação Period. Estratégia Variação
15/05/2018 IRBR3 Position Rompimento Tendência 108,94%
16/10/2018 LOGN3 Position Rompimento Tendência 78,95%
17/10/2018 IRBR3 Position Rompimento Tendência 53,62%
02/01/2019 TRIS3 Position Rompimento Tendência 46,63%
05/02/2019 JHSF3 Position Rompimento Tendência 21,67%
12/02/2019 IRBR3 Position Rompimento Tendência 14,82%
12/02/2019 LOGN3 Position Rompimento Tendência -4,28%
12/02/2019 MOVI3 Position Rompimento Tendência 21,66%
25/02/2019 JSLG3 Position Rompimento Tendência 45,90%
02/04/2019 KEPL3 Position Rompimento Tendência 2,63%
18/04/2019 BIDI4 Position Rompimento Tendência 15,57%
21/05/2019 BPAC11 Position Rompimento Tendência 9,82%

Bons trades!

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.