Arquivo

Archive for fevereiro \28\UTC 2018

Realizações Parciais são boas?

28 de fevereiro de 2018 6 comentários

Recebi uma pergunta de um amigo hoje e decidi criar um post com a resposta, pode ser útil para mais pessoas.

P: Você comentou que não era favorável às realizações parciais, eu tambem não sou, porém quando vejo alguns ativos como ROMI3 que em menos de 60 dias está dando mais de 25% de lucro começo a ficar um pouco incomodado, qual sua visão?

R: Realizações parciais são menos rentáveis matematicamente falando. Ou o melhor ponto será o longo, ou o curto. Fazendo dois pontos de venda nunca será mais rentável do que vender tudo em um deles, basta fazer contas com números fictícios de compra e venda. Elas podem ser boas para o psicológico mas não para a rentabilidade. Sempre será uma média da rentabilidade do curto prazo com o longo prazo (supondo que essas sejam as expectativas de cada posição parcial). Se a ação disparar depois para 105% de lucro, você lucrará (105%+25%)/2 que dá 65%. Mas serve para o prejuizo também, se a posição restante cair e sair no 0%, você lucrará alguma coisa, no caso (0%+25%)/2 que dá 12,5%. Ou seja, esse recurso vai suavizando a curva de capital. Então no primeiro caso o melhor seria sair com toda posição nos 105% com a posição mais longa, e no segundo caso o melhor seria encerrar os 25%, com a posição mair curta. A realização parcial nunca será a mais rentável. Se fizermos backtests de uma ação ou de múltiplas veremos que o mais rentável será sempre uma das escolhas, mas nunca a RP. A vantagem dela é que com ela você melhora a taxa de acerto e diminui o drawdown. Uma outra desvantagem além da rentabilidade é que o dinheiro volta para sua conta e você precisa realocar em outra ação.

Eu minhas operações, ou eu vendo toda posição da ação, ou continuo com tudo, nunca faço realização parcial. A única exceção acontece com casos como da FESA4 recente por exemplo. Apareceu uma oportunidade melhor e eu estava com a carteira 100% alocada. Fiz o position sizing da nova ação porém o valor total era menor do que o total da FESA4, sendo assim vendi somente parte da FESA4 para ser suficiente para comprar a nova ação.

Realmente 25% em poucas semanas é muito tentador! Um belo rendimento. Acho que depende da meta e estratégia de cada um. Eu acho que é válido realizar um lucro dessses mas é interessante ter bem definido as regras de sua estratégia, qual o objetivo principal da estratégia e quais exceções podem haver no meio do caminho. Afinal a estratégia não se resume só a ter um lucro maior, outros fatores de avaliação são importantes também.

Eu sou muito simplista, sistêmico e direto ao ponto. O objetivo da minha estratégia é de seguir a tendência (trend following) o maior tempo possível e não sair até que a ação me diga para sair, segundo minhas regras. Apesar de 25% ser um ótimo lucro, eu busco rentabilidade bem maiores, de preferência acima de 100% quando possível. Por isso eu sou resistente a vender na subida, em congestões (mesmo que OBV ou similar estiver caindo) ou em correções de média amplitude (15-20%). Sempre permaneço acreditando que a ação possa continuar subindo mais e mais, até que ela me diga o contrário.

Eu lido melhor com regras bem definidas e não gosto muito de exceções, a não ser que bem testadas e que façam parte das regras. Não gosto de tomar decisões de mudar minha operação no meio, prefiro só olhar no gráfico e seguir instruções mecânicas, sem ter que ficar pensando na tomada de decisão. Eu acho que isso gera um stress a cada análise pois temos a tendência de ficar nos martirizando se estamos tomando a melhor decisão possível, portanto somente seguir regras nos pouca desse stress, e pra mim isso é muito importante. Quaisquer exceções técnicas que possam ter eu gostaria de testar antes se possível. Eu sigo fielmente a estratégia em todos os casos. Mesmo se o mercado ficar estranho com eleições por ex. ou qualquer outro motivo incluindo os técnicos, eu vou seguindo. A única regra que eu tenho de sair de uma ação antes de bater o stop é se minha carteira estiver 100% alocada e aparecer uma oportunidade mais interessante com FR alto, e alguma ação minha estiver perdendo força e estiver com FR mais baixo, aí eu faço a troca.

É uma questão de perfil, cada um deve operar como se sente mais confortável, tanto visando lucros quanto diminuindo prejuizos. Não existe certo ou errado, existe lucro ou prejuizo! E aproveitando, outra coisa muito importante além do lucro é o comportamento da carteira e da curva de capital durante esse processo. Por ex, eu prefiro ganhar 40% num ano com drawdown da carteira de 15%, do que ganhar 100% com drawdown de 50%. Seguindo essa linha, uma pessoa pode preferir usar RP por ter um perfil mais conservador, e está tudo certo! O perfil conservador, moderado ou agressivo vai determinar os tipos de operações, as regras e o prazo operacional que cada um vai escolher.

Espero que tenha ajudado a refletir sobre o assunto.

Abraços e bons trades!

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Anúncios
Categorias:Aprendizado, Artigos

Atualização semanal – 25/02/2018

25 de fevereiro de 2018 2 comentários

Boa alta para algumas das ações da carteira. Outras ficaram meio paradas numa semana de alta da bolsa. Por isso eu gosto de diversificar, nunca sabemos qual das escolhas será a “vencedora”. Se eu tivesse concentrado o capital nas 2 ou 3 vencedoras, estaria ganhando muito mais na rentabilidade da carteira. Mas se tivesse escolhido bem as 2-3 que estão subindo pouco ou nada, eu estaria perdendo ótimas oportunidades num mercado altista. Então a diversificação, além de ser um controle de risco obviamente, nos ajuda a dividir as fichas de aposta e ter mais chances de entrar numa vencedora, mesmo que com menor capital. Se novas oportunidades forem surgindo e algumas ações da carteira estiverem devagar, eu simplesmente as trocarei.

Nenhuma entrada ocorrida essa semana.

Ajustes de stop:

LCAM3: de 19,67 para 22,53
ROMI3: de 6,61 para 6,99
UNIP6: de 20,03 para 22,51

Nenhum stop foi atingido.

Possíveis entradas para essa semana:

Ação FR Setup Preço entrada Stop inicial Risco
TRIS3 96 Rompimento Tendência 5,57 4,97 -10,77%
VVAR11 96 Rompimento Tendência 28,75 23,69 -17,60%

Minha carteira atual de Trend Following:

Data Entrada Ação Period. Estratégia Variação
24/07/2017 LCAM3 Position Rompimento Tendência 166,11%
14/08/2017 UNIP6 Position Rompimento Tendência 204,74%
09/11/2017 UNIP6 Position Rompimento Tendência 107,68%
16/11/2017 MAGG3 Position Rompimento Tendência 17,72%
27/11/2017 ANIM3 Position Rompimento Tendência 7,14%
02/01/2018 ROMI3 Position Rompimento Tendência 21,28%
14/02/2018 UNIP6 Position Rompimento Tendência 25,32%
15/02/2018 USIM5 Position Rompimento Tendência -0,16%

O risco atual da minha carteira está em 2,20% do meu capital.

Bons trades!

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Atualização semanal – 18/02/2018

18 de fevereiro de 2018 8 comentários

Novas entradas (compras) ocorridas essa semana:

UNIP6 a R$23,10 (nova posição, a terceira).
USIM5 a R$12,22.

Ajustes de stop:

UNIP6: de 17,52 para 20,03
UNIP6: de 19,49 para 20,03 (terceira posição – agora juntando com as outras duas)

Nenhum stop foi atingido.

Possíveis entradas para essa semana:

Ação FR Setup Preço entrada Stop inicial Risco
TRIS3 96 Rompimento Tendência 5,57 4,97 -10,77%
VVAR11 96 Rompimento Tendência 28,75 23,69 -17,60%

Minha carteira atual de Trend Following:

Data Entrada Ação Period. Estratégia Variação
24/07/2017 LCAM3 Position Rompimento Tendência 128,20%
14/08/2017 UNIP6 Position Rompimento Tendência 169,37%
09/11/2017 UNIP6 Position Rompimento Tendência 83,57%
16/11/2017 MAGG3 Position Rompimento Tendência 15,58%
27/11/2017 ANIM3 Position Rompimento Tendência 8,73%
02/01/2018 ROMI3 Position Rompimento Tendência 10,00%
14/02/2018 UNIP6 Position Rompimento Tendência 10,78%
15/02/2018 USIM5 Position Rompimento Tendência -0,82%

O risco atual da minha carteira está em 2,98% do meu capital.

Bons trades!

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Posição fechada em FESA4 – 06/02/2018

11 de fevereiro de 2018 2 comentários

Posição encerrada em FESA4.

Obs: gráfico ajustado por proventos

Segue resumo da operação:

Setup: Rompimento Tendência
Data de entrada: 02/05/2017
Preço de entrada: R$ 10,85
Data de saída: 06/02/2018
Preço de saída: R$ 21,54
Resultado: +108,54% (com proventos)

Bons trades!

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Categorias:Operações

Atualização semanal – 11/02/2018

11 de fevereiro de 2018 2 comentários

IBOV sofrendo uma boa queda essa semana (-3,74%) e minha carteira se mantendo estável, muito bom.

Nenhuma entrada ocorrida essa semana.

Ajustes de stop:

UNIP6: de 16,77 para 17,52

Stop atingido: FESA4 (detalhes no próximo post)

Possíveis entradas para essa semana:

Ação FR Setup Preço entrada Stop inicial Risco
TRIS3 96 Rompimento Tendência 5,57 4,97 -10,77%
UNIP6 99 Rompimento Tendência 23,01 19,49 -15,30%
USIM5 98 Rompimento Tendência 12,21 10,79 -11,63%
VVAR11 96 Rompimento Tendência 28,75 23,69 -17,60%

Minha carteira atual de Trend Following:

Data Entrada Ação Period. Estratégia Variação
24/07/2017 LCAM3 Position Rompimento Tendência 122,22%
14/08/2017 UNIP6 Position Rompimento Tendência 137,89%
09/11/2017 UNIP6 Position Rompimento Tendência 62,12%
16/11/2017 MAGG3 Position Rompimento Tendência 16,55%
27/11/2017 ANIM3 Position Rompimento Tendência 5,16%
02/01/2018 ROMI3 Position Rompimento Tendência 5,64%

O risco atual da minha carteira está em 1,28% do meu capital.

Bons trades!

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Atualização semanal – 03/02/2018

Nenhuma entrada ocorrida essa semana.

Ajustes de stop:

MAGG3: de 46,82 para 46,87
UNIP6: de 16,43 para 16,77

Nenhum stop foi atingido.

Possíveis entradas para essa semana:

Ação FR Setup Preço entrada Stop inicial Risco
UNIP6 99 Rompimento Tendência 23,01 19,49 -15,30%
VVAR11 96  Rompimento Tendência 28,75 26,67 -7,23%

Se não fosse aquela mega correção em novembro, eu estaria na VVAR11 até agora, mas faz parte do game, vamos lá!

Minha carteira atual de Trend Following:

Data Entrada Ação Period. Estratégia Variação
02/05/2017 FESA4 Position Rompimento Tendência 128,74%
24/07/2017 LCAM3 Position Rompimento Tendência 124,09%
14/08/2017 UNIP6 Position Rompimento Tendência 128,42%
09/11/2017 UNIP6 Position Rompimento Tendência 55,67%
16/11/2017 MAGG3 Position Rompimento Tendência 17,59%
27/11/2017 ANIM3 Position Rompimento Tendência 11,11%
02/01/2018 ROMI3 Position Rompimento Tendência 5,00%

O risco atual da minha carteira está em 1,28% do meu capital.

Bons trades!

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.