Inicial > Carteira, Oportunidades > Atualização semanal – 21/01/2017

Atualização semanal – 21/01/2017

Novas entradas (compras) ocorridas essa semana: USIM5 a R$ 4,85.

Ajustes de stop:

MGLU3: de 90,28 para 93,94
BRAP4: de 13,95 para 15,70

Nenhum stop foi atingido.

Nenhuma oportunidade de entrada para essa semana.

Minha carteira atual de Trend Following:

Data Entrada Ação Period. Estratégia Variação
12/07/2016 FLRY3 Position Rompimento Tendência 39,99%
29/11/2016 MGLU3 Position Rompimento Tendência 18,71%
03/01/2017 BRKM5 Position Rompimento Tendência -0,09%
12/01/2017 BRAP4 Position Rompimento Tendência 18,72%
18/01/2017 USIM5 Position Rompimento Tendência -0,62%

Bons trades!

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Anúncios
Categorias:Carteira, Oportunidades
  1. Clesio
    21 de janeiro de 2017 às 21:30

    E aí Rodrigo,

    Bela entrada esta semana com a Bradespar, e uma ótima alta ontem com o Magazine Luiza. Eu esta semana comecei a fazer novos backtests e vou sair da escala diária e vou pra mensal. Pelos meus testes ele (mensal) apresenta uma regularidade bem melhor que a escala diária que permanece três, quatro anos com rentabilidade muito baixa. Eu iria para a escala semanal, mas os sinais de compra ocorreram quase todos no início do ano passado, então tive que optar por esta bem mais longa, mas equivalentes em rentabilidade.
    E o teu novo sistema, a escala é diária? Chegou a fazer algum teste em escalas maiores?

    • 22 de janeiro de 2017 às 8:29

      Fala Clesio!

      Pois é, essa semanas essas 2 foram muito bem mesmo.

      O tempo gráfico mensal é uma opção também, mas é muito lento para o meu perfil, nunca cheguei a fazer testes. O tempo gráfico que uso não mudou, continuo usando o gráfico semanal. No diário eu comecei a fazer swing trade, mas não neste método do site, são outros métodos que estou testando com objetivos mais curtos.

      Quase todos os sinais de compra ocorreram no início do ano passado? Mas então você está usando seguidores de tendências clássicos como cruzamento de médias ou HiLo? Porque normalmente sempre há oportunidades, mesmo que poucas, ao longo dos meses..

      Abraços!

      • Clesio
        22 de janeiro de 2017 às 12:57

        Boa tarde Rodrigo,

        O sistema é aquele de canais de Donchian. Claro que ainda há algumas poucas por romper, mas as melhores empresas do grupo que eu fiz os testes começaram o rali no início de 2016.
        Rodrigo, neste teu novo sistema, os testes deram quanto de retorno anual?

    • 22 de janeiro de 2017 às 13:37

      Eu uso o rompimento do Donchian de 26 semanas para entrada, só não uso o canal inferior para stop, porque acho que fica muito longo e atrasado às mudanças de preços, por isso preferi o stop ATR como stop móvel.

      Os resultados que obtive das simulações não dão um resultado exato em forma de composição de carteira, pois o MT5 não tem ferramentas para isso. Por isso os testes que fiz foram individuais em todas ações e eu somava os resultados e indicadores para ver qual era o melhor para o meu perfil (lucro, drawdown, etc).

      Na metodologia eu coloquei um capital inicial de 100 mil e aplicava de forma fixa 30 mil em cada operação. Ou seja, não é a forma como uso na realidade, que é 1% de risco. Também não fiz reentradas, o que eu faço na prática e aumenta muito o lucro. Também não usei reaplicação de lucros na conta, ou seja, a compra seria sempre de 30 mil, os lucros seriam simples, não compostos.

      Sendo assim a soma geral em 10 anos deu 1036%. Mas como disse, não dá pra considerar esse percentual como o que teria sido a realidade na montagem da carteira. Poderia ter sido mais ou menos que isso.

      Abraços!

      • Clesio
        22 de janeiro de 2017 às 22:39

        É Rodrigo,

        Mas na “teoria” deveria dar bem mais, considerando os juros compostos. O Metatrader não permite que use o valor ganho nos trades acumular com os 100k inicial ou você não programou assim?
        Desta forma dá quase 30% ao ano, sem considerar a acumulação de capital.
        Desejo que este teu novo sistema funcione na prática.

        Bons trades, abraço!

    • 23 de janeiro de 2017 às 13:51

      Oi Clésio, como eu disse, eu não considerei reaplicação de lucro nas operações (juros compostos), então considerando 1036% em 10 anos seriam equivalentes à 103% ao ano e não 30%.
      Eu até já programei o reinvestimento de lucros nos meus robôs para backtests porém nesse caso não daria muito certo pois o correto seria testar a carteira inteira como um todo. Há ações que tiveram somente 1 a 3 operações em todo o período, então não reaplicaria nada praticamente, agora se testado em forma de carteira, já veria resultados mais reais de juros compostos.
      De qualquer forma eu testei para ver a melhor performance somando os testes individuais, mesmo não sendo em forma de carteira, mas já dá pra ter uma boa base do que funciona melhor entre as muitas opções disponíveis.
      Abraços, obrigado e bons trades!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: