Inicial > Carteira, EUA, Oportunidades > Abandonei os EUA!

Abandonei os EUA!

É, resolvi abandonar o mercado americano e me concentrar somente no brasileiro por enquanto.

Aqui descrevo meu motivos:

1) Está me tomando muito tempo, olhando muitos gráficos, inclusive diariamente. Quero simplificar mais as coisas na parte de investimentos (trades de longo prazo). Quero também dedicar mais tempo a outras áreas pessoais.

2) Quero dedicar meu tempo do mercado mais a robôs, no mercado nacional e internacional.

3) Conforme descrito nos posts iniciais sobre o mercado americano, bem como nos resultados dos testes, tinha constatado que é um mercado muito mais difícil que o brasileiro, sendo extremamente mais volátil, fazendo menos tendências boas e regulares como no Brasil, e havendo correções muito fortes a todo momento. Já tinha tomado um banho de água fria nesse momento mas resolvi testar na prática mesmo assim.

4) Antes de iniciar os testes nas ações dos EUA, antes de ver muitos e muitos gráficos, eu achava que iria encontrar ações com tendências boa e “bonitas” iguais aqui, porém em muito maior quantidade e praticamente a qualquer momento/fase do mercado global e americano, devido à quantidade de quase 10 mil ações listadas. Mas não é essa a realidade.

5) Fiz 55 operações desde fim de julho e a taxa de acerto foi de somente 23%, ou seja, muitas reversões de tendência, muitos stops, muitas operações e mais tempo gasto no operacional e gerenciamento.

6) Fiz 4 vezes mais trades nos EUA do que no Brasil no mesmo período. Bem, lá estava usando gerenciamento de risco de 0,5% sobre o capital, contra 1% aqui, então seria equivalente a 2 vezes mais trades somente.

7) Nesses 5 meses estou com resultado positivo no Brasil, e com algumas ações interessantes e “comportadas” na carteira. Nos EUA estou com resultado negativo de em torno de 3%, mesmo ficando positivo durante vários momentos.

8) Não é possível compensar meses de perdas em meses de lucros futuros para finalidade de IR.

9) Complexidade de apuração e declaração de IR.

Sei que o tempo de avaliação é pequena, mas sinceramente gosto bastante do mercado brasileiro e das tendências e padrões gráficos formados aqui, portanto nos próximos anos pretendo concentrar minha energia somente aqui mesmo.

Pode ser que num futuro eu volte a considerar investir em ações no mercado estrangeiro, não estou descartando para sempre.

Não desencorajo os que já estão operando lá fora ou os que estão pensando em começar. Acho uma ótima experiência e oportunidade, porém tem que ter em mente que o mercado é diferente, é bom dar uma boa estudada antes de ir.

Para os que permanecem lá, desejo muito boa sorte e excelentes resultados!

Abraços e segue o jogo aqui no Brasil!

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Categorias:Carteira, EUA, Oportunidades
  1. Alan
    18 de dezembro de 2020 às 22:19

    Ola Rodrigo, boa noite. Tem pouco tempo que comecei no mercado por aqui e adorei suas postagens, agradeço por elas. Sinto muito por você não poder continuar nos Estados Unidos mas melhor pra quem te acompanha no Brasil já que você ficará mais concentrado no nosso mercado. Apesar da minha quase nula experiência acho que você fez uma boa escolha. Boa sorte amigo.

    • 19 de dezembro de 2020 às 10:43

      Fala Alan, muito obrigado pelo comentário. Pois é, é possível investir em vários mercados mas às vezes é preciso priorizar as coisas, então no momento vamos focar por aqui mesmo!
      Boa sorte para nós todos, abraços!

      • Alan Soares Landim
        19 de dezembro de 2020 às 15:40

        Você me ajudou muito, pois tenho pouco conhecimento no assunto e aprendei muito com seu site. Algumas pessoas geralmente ensinam algo nas redes sociais mas, com o objetivo de ganhar dinheiro com a venda de cursos, livros, estudos de ações etc. Você ensinou muito mais que grandes figuras do mercado que já acompanhei e sem cobrar nada em troca, difícil até de acredita viu. Mais uma vez obrigado e espero poder compartilhar com outros que estão adentrando a bolsa sem muito conhecimento.

    • 19 de dezembro de 2020 às 16:18

      Que bom que te ajudou Alan. Espero que se interesse pelo mercado brasileiro também, aí continuamos juntos por aqui!

      Obrigado pelo comentário e consideração. Concordo com você, a grande maioria sempre tem algum objetivo oculto (ou explícito).

      Sem querer ser muito piegas ou exagerado, a gente muda o mundo fazendo pequenas atitudes que podemos para algumas pessoas ao nosso redor ou comunidade, e no caso da Internet em qualquer lugar do país. Sinceramente eu quero ver um mundo melhor em vários aspectos, infelizmente não tenho tantas habilidades ou características para fazer ações grandes por aí em várias áreas de necessidade da população, mas compartilhar conhecimento no mercado é algo que está nas minhas condições. E eu sempre falo que quero ganhar dinheiro do mercado e não das pessoas, o maior pagamento é ver as pessoas aprendendo e iniciando na bolsa de valores, ou melhorando seus resultados com uma nova abordagem. Obviamente aprendo muito com a troca de experiências também, me ajudou muito ao longo dos anos. E fazendo vários amigos no caminho!

      Abraços e sucesso!

  2. 19 de dezembro de 2020 às 21:00

    Grande amigo Rodrigo!!!!
    É isso aí é uma excelente experiência e aumento de conhecimento!!!!! Mas como você mesmo já falou, em outras ocasiões, a gente precisa se concentrar, se não corre o risco de querer fazer tudo e acabar não fazendo nada bem feito!!!!
    Os robôs e o mercado brasileiro já dão um bom trabalho, não é mesmo? Além, de ensinar os outros, não é?
    Mais uma vez deixo minha admiração pelo seu trabalho, blog, simplicidade e bom coração!!! Você já prestou um serviço muito relevante à educação financeira dos brasileiros!!!!
    Um forte abraço e que Deus nos abençoe!!!!!

    • 19 de dezembro de 2020 às 21:15

      Grande Sélito!
      Isso mesmo, todo estudo e prática é conhecimento adquirido. Sim, já gastamos um bom tempo no mercado brasileiro, e ainda mais nos robôs estou me dedicando bastante, fazendo vários testes e programas e evoluindo bastante nessa área também, de pouco em pouco. É uma área que quero estar forte também, complementando os trades de longo prazo em ações. Daqui algum tempo até pegar lucros obtidos nos robôs e transferir para a carteira de ações para aumentar o crescimento.
      Fora o meu trabalho em TI que é bem puxado também, família, atividades pessoais, etc etc
      Então vamos que vamos!
      Muito obrigado pelas palavras e consideração. Você é fera também, muito dedicado e focado. Parabéns pela sua trajetória com esforço.
      Abração e sucesso para nós todos!

  3. Julio
    26 de dezembro de 2020 às 10:20

    Rodrigo, após muitos backtest eu decidi abandonar o modelo clássico de seguidor de tendência e adotar um modelo rotacional com base em momento. Ao invés de usar um ranque em conjunto com um sistema seguidor de tendência, experimente utilizar apenas o ranque. Os modelos seguidores de tendência ainda são positivos nos EUA, mas é muito mais trabalhoso e as grandes correções nas tendências são devastadoras. Se tiveres interesse, eu posso te enviar os resultados do modelo que estou utilizando. Sinceramente, eu acho arriscado manter investimentos apenas no Brasil, dado o nível da divida publica e a falta de perspectiva de crescimento da economia. Os cinco anos Dilma, onde os sistemas seguidores de tendência ficaram no zero a zero, mesmo no nosso mercado de baixa liquidez, demonstram um risco que pode custar caro no futuro.

    • 26 de dezembro de 2020 às 11:51

      Opa, bacana Julio, por favor me mande por e-mail sim, os resultados e as regras se puder. Muito bom seu estudo e conclusão.
      Não estou abandonando em definitivo os EUA, caso o país entre em anos de crise/depressão econômica novamente, eu com certeza posso pensar em voltar pros EUA. Mas por enquanto vou focar por aqui, visto que está tendo muitas oportunidades interessantes, e ainda há matérias por aí dizendo que os próximos anos podem ser o ciclo de expansão dos emergentes.
      Valeu!
      Abraços

  4. VIVIANE
    2 de junho de 2021 às 23:41

    Olá Rodrigo, que pena que não deu certo, achei que tivesse resultados semelhantes ao Brasil usando a força relativa. Tenho estudado muitas ETFs, são muito diversificadas, e comecei a entrar em algumas de setores que acredito, mas a intenção era futuramente a medida que conhecesse melhor o mercado americano migrar para as ações. Mas essa impossibilidade de compensação de prejuízos quebra a perna mesmo….

    • 3 de junho de 2021 às 15:21

      Oi Viviane!

      Pena que não deu certo mas não sinto falta não pq o mercado brasileiro é muito mais gostoso de operar para longo prazo, gosto muito das tendências mais harmônicas e explosivas aqui. No fundo foi até um alívio de ter menos trabalho para fazer e coisas para se preocupar de análise, tempo, IR, etc. Se bem que minha tentativa de experiência agora é no mundo das criptos rs

      Minha expectativa era de achar mega tendências de alta iguais as do Brasil, porém filtrar as mega top somente, já que a quantidade de ações lá é imensa. Se fosse realmente assim, ficaria super animado de operar lá, mas já que a realidade é bem diferente disso, estou satisfeito de ter saído por enquanto. Se um dia o Brasil ficar com mercado ruim por uma fase posso voltar a operar temporariamente no mercado americano mas vou priorizar os BDRs ao invés de enviar dinheiro para fora.

      Muitos traders e gestores trend followers americanos operam ações lá mas conforme exemplos no livro “Trend Following” eles usam um stop ATR mais largo, com multiplicador 10 no gráfico diário. Justamente para não ser pego nas correções mais fortes padrões do mercado americano. Então é o perfil de lá. Vários amigos aqui já consideram o ATR 3,5 no semanal meio larga pra eles, o 10 no diário é um bom tanto maior, portanto deixando mais dinheiro na mesa nas reversões. Então é outro perfil de mercado pra se ajustar, por isso prefiro muito o brasileiro deixando o americano como 2ª opção. Sem contar a questão da compensação de prejuízos e da gestão do IR que é bem mais complicada.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta para Sélito Baschirotto (@celobaschirotto) Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: