Inicial > Carteira, Oportunidades > Atualização semanal – 20/11/2021

Atualização semanal – 20/11/2021

Novas entradas (compras) ocorridas essa semana:

NVDC34 a 37,47

Nenhum ajuste de stop e nenhum stop atingido.

Ações no radar: C2OI34, HOME34, MSFT34, SMTO3, TSLA34, VITT3.

Minhas possíveis entradas para a próxima semana:

Ação FR Setup Preço entrada Stop inicial Risco
C2OI34 99 Rompimento Semanal 81,01 69,58 -14,11%
SMTO3 92 Rompimento Semanal 41,02 36,93 -9,97%
VITT3 99 Rompimento Diário 13,65 11,72 -14,14%

Para acompanhamento pelo gráfico diário durante a semana: HOME34, MSFT34.

Minha carteira atual de Trend Following:

Data Entrada Ação Setup Preço Compra Preço Atual Variação Stop atual Mult. atual
21/09/2021 LAND3 RompS 17,50 20,94 19,66% 16,72 3,3
24/09/2021 EMBR3 RompS 24,09 20,71 -14,03% 19,93 3,3
07/10/2021 GOGL34 RompS 102,02 111,03 8,83% 94,96 3,3
28/10/2021 NFLX34 RompD 76,29 76,95 0,87% 68,63 3,3
28/10/2021 SSFO34 RompD 76,22 76,76 0,71% 71,92 3,3
18/11/2021 NVDC34 RompD 37,47 38,65 3,15% 32,60 3,3

Legenda:
RompS = Rompimento Semanal
RompD = Rompimento Diário
CorrS = Correção Semanal
Mult. atual = Multiplicador do Stop ATR atual

Boas tendências!

Rodrigo Sibin Lichti

Obs: As informações colocadas aqui são simplesmente meus registros pessoais, não são recomendações de investimentos para outras pessoas. Não sou profissional certificado de investimentos e não posso orientar nenhuma pessoa a comprar ou vender determinado ativo. Os comentários e respostas para os leitores são simplesmente trocas de idéias entre investidores.

Categorias:Carteira, Oportunidades
  1. Julio
    20 de novembro de 2021 às 11:25

    Rodrigo, com tão poucas ações no radar será que seria hora de tentar compra? Nos últimos anos tem havido algumas correções, mas não lembro de nenhuma que tenha sido tão forte como essa (excetuando a queda relâmpago de 2020). Várias ações já estão indicando literalmente venda (tendência de baixa). Taxa de juros em forte alta, inflação em alta, recessão a vista no Brasil, mercados internacionais super esticados, desespero eleitoral do atual presidente etc. Sei que há o risco da esperança eleitoral com uma terceira via, que pode movimentar bastante o mercado, mas para quem opera tendências, acho seria hora de operar vendido e não comprado. Eu fiz algumas vendas tímidas para ir testando o mercado esse semana.

    • 21 de novembro de 2021 às 15:47

      Fala Júlio!

      Vai de gosto, eu não costumo seguir o IBOV para me habilitar compras, mas no caso de queda consistente como está esse semestre e com poucas ações em tendência de alta, é uma opção válida ficar de fora das compras temporariamente.

      Meu estilo é de tentar buscar opções de compra a todo momento e só não comprar nada quando realmente não tiver nada em tendência de alta, como nas crises. A princípio se o mercado estiver em baixa porém algumas poucas ações estiverem em alta, para mim é suficiente. A dúvida é se conseguirão manter a tendência com 90% do mercado em baixa. O que eu sei é que em váriás épocas ruins do IBOV, sempre houveram ações subindo na contramão, e possibilitando extrair algum lucro do mercado na alta. Então por enquanto essa é minha opinião, pode ser que reveja no futuro.

      Mas o futuro fundamentalista para mim “não importa”, no sentido de variáveis para minha análise e estratégia. Mercados sobem com taxas de juros subindo e caindo, polícos bons ou ruins, câmbio bom ou ruim, etc etc. Como minha análise é estritamente técnica, se o mercado ou um grupo de ações estão em tendência de alta, então isso é a verdade final. Pessoas e instituições estão comprando, e eu sigo a tendência. Se o mercado achar que o país está ruim, o presidente, a taxa de juros está atrapalhando as empresas, e assim por diante, eles irão vender ao invés de comprar, e as ações irão cair, o que não gerará oportunidades para mim. O mercado teve fases de subida e queda com todos os últimos presidentes: FHC, Lula, Dilma, Bolsonaro. Então eu tento sair 100% de opiniões pessoais se é hora de comprar ou não, deixando somente o meu trading system me dizer, pois com certeza absoluta, a minha análise macroeconômica trazida para o mercado de ações será absurdamente inferior aos investidores profissionais e grandes instituições e estrangeiros que enxergarão 1 milhão de kilometros na minha frente para decidir se o momento é bom ou ruim para compras e em quais setores ou empresas. Portanto eu vou no mais simples e só sigo meu sistema. Lembrando que nos meus backtests todas as simulações de compra só levaram em conta o FR e os critérios técnicos, não foi avaliado nenhum contexto de queda generalizada (2008/2020) ou recessão (2010-2015) do mercado para decisão de compras.

      Mas sim, muitas ações em tendência de queda, eu tenho feito várias vendas também mas não publicarei no blog porque é coisa nova. O que percebo é que os swings de baixa são mais difíceis do que os de alta, as correções são mais fortes e no geral as tendências são menos contínuas, então por enquanto estou +- no zero a zero depois de algumas semanas de trade.

      Abraços!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: